Créditos de reciclagem: inovação e sustentabilidade para a sua empresa

Entenda o que são créditos de reciclagem e como utilizá-los para obter mais sustentabilidade, economia e abranger o nicho de consumidores conscientes na sua empresa.

Quando falamos em créditos de reciclagem, associamos de primeira aos créditos de carbono, afinal é difícil encontrar quem não tenha ouvido falar. Isso porque com o boom dos créditos de carbono após o Protocolo de Quioto em vigor desde 2005, todas as mídias se voltaram para essa forma de compensação ambiental. Quando se trata dos créditos de reciclagem isso muda um pouco de figura.

Hoje, com outros acordos e marcos regulatórios ambientais, passamos a acompanhar diferentes tipos de impactos além do CO2, como por exemplo a crescente produção de lixo. Nesse sentido surgiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), para incentivar soluções no que tange os resíduos no Brasil.

Os créditos de reciclagem se tornaram então uma ferramenta para aplicar e comprovar a Logística Reversa dentro da PNRS, não apenas com o objetivo de diminuir o impacto negativo no meio ambiente, mas também ser estratégia para um mercado global cada vez mais baseado no desenvolvimento sustentável.

É neste contexto que iremos abordar os créditos de reciclagem e explicar como utilizá-los para obter mais sustentabilidade, economia e abranger novos nichos de consumidores na sua empresa.

O que são créditos de reciclagem?

Crédito de reciclagem é um documento que comprova que uma certa quantidade de massa de um material teve destinação final ambientalmente adequada. Eles são adquiridos principalmente para fazer a compensação ambiental e diminuir o impacto das embalagens colocadas no mercado pelas empresas. A sua compra também é um meio de incentivar a cadeia de reciclagem através do pagamento do serviço ambiental prestado pelas cooperativas.

Em outras palavras: adquirindo créditos de reciclagem você está adquirindo um documento que comprova a reciclagem de uma massa de materiais recicláveis. Neutralizando assim, parte do impacto negativo causado pelos resíduos pós consumo da sua empresa.

Minha empresa precisa de créditos de reciclagem?

Mais do que um apelo ambiental, o crédito de reciclagem passou a ter apelo jurídico para as empresas desde a vigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos, uma legislação ambiental que visa a diminuição de resíduos direcionados aos aterros e lixões.

Com ela surgiu um dos instrumentos mais importantes utilizados atualmente para aplicação da sustentabilidade nas empresas: a Logística Reversa, instrumento que busca retornar o resíduo reciclável ao ciclo de vida do produto.

Atualmente todas as empresas definidas como co responsáveis na PNRS, ou seja, que distribuem, comercializam, produzem e importam produtos com embalagens precisam cumprir com a PNRS e comprovar o processo. É nesse sentido que os créditos de reciclagem se mostram uma ferramenta de aplicação e comprovação eficaz.

Então respondendo a pergunta: se a sua empresa precisa cumprir PNRS, segundo as diretrizes da legislação, investir em créditos de reciclagem para realizar a compensação ambiental, é uma das soluções. Você pode conferir aqui as diferentes soluções de Logística Reversa e optar pela que mais fizer sentido para o momento da sua empresa.

Quem pode emitir crédito de reciclagem?

Os créditos de reciclagem estão inseridos na cadeia de reciclagem no Brasil e podem ser emitidos através das Certificadoras, como a eureciclo. Utilizando como lastro para os créditos, as Notas Fiscais disponibilizadas pelas Cooperativas e outras organizações de triagem, que realizam a coleta e/ou triagem de resíduos, vendendo para recicladores os materiais que de fato serão recicláveis.

Desta forma após a triagem, grandes fardos de materiais recicláveis são vendidos às recicladoras finais. São estas Notas que servem como base para os créditos de reciclagem das Certificadoras e dão embasamento jurídico para a compensação ambiental da massa de embalagens lançadas no meio ambiente pelas empresas.

Qual o maior desafio dos créditos de reciclagem?

Dentro do contexto descrito acima, apenas 3% dos resíduos gerados no Brasil são formalmente reciclados. Sendo assim, seria o limite dos créditos de reciclagem os mesmos 3%?

Apesar do crédito de reciclagem depender diretamente do que está sendo efetivamente reciclado e com Notas Fiscais, ele cria duas forças importantes para aumentar esses 3%.

O crédito de reciclagem incentiva financeiramente a formalização dos atores da cadeia de reciclagem que não podem fazer parte do mercado de créditos de reciclagem se não emitirem notas fiscais. E também valoriza o trabalho das organizações de triagem que hoje são o gargalo do sistema de reciclagem, pois é uma atividade que não é financeiramente atrativa.

Quando pensamos que não há a reciclagem necessárias para compensar ambientalmente todos as embalagens comercializados no Brasil, nos deparamos com o grande desafio que é tornar escalável tanto a reciclagem quanto a rastreabilidade dos dados de reciclagem por aqui.

Por conta deste desafio surgiu a solução do Selo eureciclo, que tem por objetivo emitir os créditos de reciclagem, criando transparência e rastreabilidade, como forma de incentivar a remuneração da cadeia de reciclagem no Brasil, em especial os catadores e cooperados pelo serviço ambiental prestado, além de oferecer proteção jurídica ambiental às empresas de maneira escalável e factível.

Torne-se agora uma empresa mais sustentável com o selo eureciclo

Como utilizar o investimento em créditos de reciclagem como estratégia de vendas?

Para isso basta entender que há três pilares envolvidos em estratégias vendas com base na sustentabilidade: o econômico, ambiental e social. Entrar em sintonia com esses pilares e promover um negócio que os atenda, é tornar economicamente viável o desenvolvimento e crescimento da sua própria empresa.

Dentre as diversas ferramentas de sustentabilidade que você pode utilizar, os créditos de reciclagem atuam dentro da Política Nacional de Resíduos Sólidos e possui algumas vantagens que podem ser conferidas abaixo:

É uma opção econômica: Comparado às outras soluções de Logística Reversa, os créditos de reciclagem, através da compensação ambiental, são mais baratos de se manterem por não dependerem de estrutura física da empresa ou gastos com manutenção.

Abrangendo o nicho de consumidores sustentáveis: Investir em soluções com apelo, tanto ambiental, através da reciclagem, como social, através da remuneração de Cooperativas e cooperados, é ter um impacto socioambiental que pode ser mostrado aos seus consumidores garantindo assim a abrangência dos seus produtos para um nicho de consumidores conscientes.

Rastreabilidade das Notas Fiscais: como forma de dar escala e tornar possível a quantificação dos resíduos reciclados no Brasil.

O futuro dos negócios é a sustentabilidade

É importante acompanhar todas as novidades do ramo da sustentabilidade, e além disso, entender aquelas que fazem sentido aplicar no momento. Afinal vemos cada vez mais o consumo consciente, os 3R (reduzir, reutilizar e reciclar) e diversos outros conceitos se tornando parte inerente do consumidor brasileiro.

Além de uma estratégia ambiental, os créditos de reciclagem são uma estratégia de proteção jurídica e marketing para garantir o sucesso da sua empresa a longo prazo.