Certificado de Reciclagem: cumprimento da logística reversa e desenvolvimento da cadeia de reciclagem

Leia em 8 min

Quer entender como funciona o Certificado de Reciclagem e como ele auxilia as empresas a cumprirem a logística reversa de embalagens de forma eficiente? Confira o artigo.

Os Certificados de Reciclagem são adquiridos por empresas que precisam comprovar a participação em ações referentes à logística reversa de embalagens. A partir do momento em que as empresas informam quantas toneladas de plástico, vidro, papel ou metais geraram com a venda dos seus produtos, o selo eureciclo calcula a sua pegada ambiental equivalente a quantidade de embalagens.

A partir do cálculo da massa de embalagens, as marcas pagam pelo serviço ambiental de coleta, triagem e envio de embalagens para a reciclagem. Neste sistema de logística reversa, por compensação ambiental, as empresas não precisam constituir programas inteiros de recolhimento e reciclagem dos resíduos, elas podem remunerar cooperativas e operadores privados pelo serviço de triagem, coleta e destinação ambientalmente correta das embalagens para reciclagem.

Desta forma, elas apoiam o desenvolvimento de uma cadeia de reciclagem que já existe.

O sistema de logística reversa baseado na compensação ambiental possibilitado pela emissão de certificados é uma das alternativas utilizadas para o desenvolvimento de programas próprios de reciclagem e é semelhante aos créditos de carbono. Com ele as empresas terceirizam  o recolhimento de embalagens descartadas pelos consumidores e o envio para para cooperativas de reciclagem e operadores privados.

O selo eureciclo, criado em outubro de 2016, por meio de pacotes de certificados anuais, separados por tipo de resíduo, vende para as empresas a certeza de que as cooperativas retiraram do ambiente a quantidade de embalagem necessária para cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos.
            O processo para emissão do certificado de reciclagem ocorre por meio das etapas abaixo

1. o agente reciclador, compra o material a ser reciclado das cooperativas e operadores privados;

2. o material vendido ao reciclador gera uma nota fiscal na qual consta a massa de embalagens e grupo de resíduos a qual pertence (papel, plástico, vidro ou metal);

3. a eureciclo, realiza testes estatísticos e validação das notas junto à Receita Federal para garantia de não colidência (a mesma nota fiscal ser comercializada para outras empresas);

4. os certificados são vendidos de acordo com a oferta de embalagens destinadas à reciclagem e demanda de certificados por parte das empresas que comercializam bens de consumo. 

O sistema de logística reversa por compensação ambiental foi elaborado para cumprir a lei 12.305/10 (mais conhecida como PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos). Desta forma, as empresas podem remunerar operadores de logística reversa pelo serviço de reinserção do material pós-consumo na cadeia de reciclagem através da compra de certificados.

Esse sistema é um processo mais acessível financeiramente para as empresas fabricantes de embalagens do que a implementação de programas, além de prestar apoio às cooperativas, beneficia a condição de vida dos catadores.

A logística reversa é o processo de reaproveitamento, reuso ou descarte adequado de materiais que já foram utilizados. A cidade de São Paulo, que exige o uso do Certificado de Reciclagem, tem a maior taxa de coleta seletiva, chegando a abranger 80% da população. Porém, o que é reciclável chega a 43,5% do que é recolhido, de acordo com o SINIR. Segundo o

Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil de 2016, publicado pela Abrelpe, são geradas 78,3 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos no país. E ainda segundo o SINIR, menos de 5% dos resíduos são realmente reciclados.

Quando o assunto é sustentabilidade, pode-se dizer que há uma nova forma de se pensar em desenvolvimento, não mais voltado apenas para a economia, que continua sendo muito atrativo para as empresas visto o crescimento do consumo consciente.

Agora, o foco também é a compensação ambiental, o não esgotamento dos recursos naturais tendo em vista as novas gerações, ou seja, buscar a compatibilização do avanço econômico com a preservação da natureza. 

O processo de logística reversa recolhe e reutiliza os resíduos do meio de produção e os devolve para ser reaproveitado. Ou quando não há possibilidade de reuso, desenvolve ações para que sejam descartados com o menor impacto possível ao meio ambiente.

Qual o impacto dos certificados de reciclagem no meio ambiente e sociedade?

Até o momento, a eureciclo certificou a reciclagem de mais de 160 mil toneladas de resíduos pós consumo e os operadores de coleta e triagem foram remunerados com mais de R$ 8 milhões. Com 137 clientes em 2017 e 712 no ano seguinte, a empresa passou por um crescimento exponencial e deverá fechar o ano de 2020 com mais de 3 mil parceiros, o que representa um salto bastante relevante em três anos.

Esse desempenho ocorre com a atuação de diversos colaboradores, sendo eles operadores, que inclui centrais de coleta e triagem, incluindo cooperativas; as empresas compradoras dos Certificados de Reciclagem; os órgãos fiscalizadores e os órgãos reguladores; 

No Brasil, a eureciclo expandiu sua operação para 21 estados em todas as regiões do país, com a certificação da logística reversa por meio da compensação ambiental de embalagens e, durante o período referente ao Relatório de Desempenho eureciclo de 2019, foram homologados pela eureciclo para a realização das compensações ambientais de embalagens pós-consumo 49 operadores, entre os quais 27 foram cooperativas.

Quando pensamos na iniciativa de retirar do meio ambiente embalagens pós-consumo, há a premissa de que elas devem ser reconhecidas e mensuradas. Assim, o vidro retornável foi incluído no processo de certificação, desde que comprovado por notas fiscais que demonstrem seu real retorno. No total, foram certificadas 55 mil toneladas de garrafas de vidros, que foram reutilizadas.

É de extrema importância o cumprimento das metas definidas nacionalmente pelo processo de compensação ambiental, pois a partir delas, pode-se garantir que, como foi apresentado acima, pelo menos 22% da massa de embalagens pós-consumo gerada por empresas está sendo efetivamente reciclada, não sendo dispostas em aterros sanitários e/ou lixões a céu aberto; além disso, vai realizar a compensação por equivalência de material (como embalagens de plástico que são compensadas com a reciclagem de embalagens de plástico); por fim, é um instrumento auxílio para a formalização de toda a cadeia de reciclagem, uma vez que a eureciclo, como certificadora, exige a nota fiscal de venda dos resíduos pelo operador homologado para um reciclador final.

O impacto desta ação que a eureciclo desempenha, pode ser mensurado através de depoimentos como de Vera Lucia, assessora administrativa da Cooperativa Coopervaí, que explana a importância da reciclagem na vida das pessoas, ela diz: “A gente sempre lutou para que a cooperativa tivesse um retorno e nós não estávamos conseguindo pagar o INSS dos catadores. Desde que Deus mandou a eureciclo em nossas vidas, isso mudou.

Com os créditos de reciclagem vindo para cooperativa, a gente tem conseguido pagar. Isso faz uma diferença enorme. A Coopervaí tem um lema: “sonho que se sonha só é sonho, sonho que se sonha junto é realidade”. E hoje a eureciclo vem realizando o sonho dos catadores.”

Existe algum exemplo de outro certificado de reciclagem pelo mundo? Qual benefício traz? 

Aqui apresentam-se dados sobre como uma solução de logística reversa por compensação ambiental pode ter amplo impacto, influenciando fortemente os índices de reciclagem de um país e aumentando significativamente suas estatísticas de reciclagem.

Levando em conta os índices econômicos, de qualidade de vida e de educação, principalmente dos países da União Europeia, analisar o quadro da atuação frente aos resíduos sólidos nesses países, é uma referência para o desenvolvimento da sustentabilidade. Na Europa, cerca de 30% de todos os resíduos de plásticos são reciclados, sendo que metade do plástico recolhido é exportado para ser tratado fora da UE; 39% é incinerado e 31% é depositado em aterros. O perfil dos países é muito heterogêneo, retratando como a reciclagem é uma questão política isolada ainda nos dias de hoje. Quanto à quantidade e taxa de reciclagem dos resíduos plásticos, a Alemanha lidera o ranking conseguindo reciclar mais de 60% do total de resíduos gerados.

Mas como a Alemanha conseguiu chegar neste patamar dentro dos índices de reciclagem?

No início dos anos 90, houve um decreto que consolidou a Portaria da Embalagem e obrigou a indústria a reaproveitar embalagens, esse decreto responsabilizava as empresas pelo correto descarte e reciclagem de suas embalagens, na tentativa de reverter a situação dos aterros na época. Foi então fundada a companhia Duales System (Der Grüne Punkt – Duales System Deutschland), privada e sem fins lucrativos. A empresa que a contrata pode ostentar, em seus produtos, o selo Der Grüne Punkt, símbolo mundialmente reconhecido de sustentabilidade confiável e parceiro da economia circular. 

A companhia realiza serviços variados, relacionados desde a produção industrial, reciclagem até o contato com o consumidor. Basicamente, a Duales System terceiriza a coleta e separação do materiais para empresas que geralmente também são encarregadas do lixo geral da população, coordena essa logística de coleta com os municípios e comissiona os parceiros de descarte por todo o território nacional. A companhia também oferece o financiamento por taxas de participação inversamente correspondentes ao peso do material, além de considerar os tipos de materiais utilizados, a fim de incentivar a otimização de embalagens. Para os clientes multinacionais, a Duales System fornece auxílio nos relatórios internos dos produtos, coordena o acesso das matérias primas de embalagens às indústrias de consumo e aplica projetos de design para embalagens mais sustentáveis como a Disign4Recycling, por exemplo. 

Assim, o Der Grüne Punkt representa o elo entre fabricantes, varejistas, indústria e consumidores com a responsabilidade ecológica. É um selo amplamente difundido, usado por mais de 130.000 empresas, 90% da população alemã conhece esse selo e sua função. Ele tem como objetivo principal informar o consumidor final sobre o cumprimento, por parte das empresas, das obrigações com o processo de produção e reinserção do material, de acordo com a Portaria de Embalagem.

Além disso, a companhia implantou coletores por quase todos os bairros do país. A reciclagem de plástico que era de 3%, hoje é de 54%, a de alumínio passou de 5,1% para 90,9%, papel de 28% para 80%, entre diversos outros materiais e o processo custa atualmente metade do investimento que era necessário. Dessa forma, a companhia atingiu a quota de reciclagem estipulada pelo decreto justamente durante o crescimento econômico da década de 90, um período da história em que a taxa de consumo, e consequente produção de resíduo, só aumentava – podendo citar por exemplo a Holanda, onde o volume de embalagens plásticas aumentou em 20% no mesmo período. O sucesso que a companhia alcançou na Alemanha possibilitou uma economia superior a 130 milhões de euros, além da imensurável preservação ambiental resultante.

Quais benefícios o certificado de reciclagem pode trazer para a sua empresa e para a sociedade?

Fonte: Krizjohn Rosales, 2015

Os lixões foram proibidos por lei por apresentar riscos ao meio ambiente e à saúde, e os aterros sanitários estão cada vez mais cheios. E para que a empresa possa contribuir para a redução da poluição gerada pelo descarte incorreto de resíduos, a logística reversa pós-consumo é uma ótima opção.
Adotar o selo eureciclo é também incentivar a preservação da matéria-prima virgem e a diminuição da poluição e de seus impactos no meio ambiente e na saúde humana.

Os certificados de reciclagem têm muitos impactos positivos no meio ambiente e na sociedade, que está cada vez mais consciente de seu poder de escolha. Principalmente nos grandes centros metropolitanos, onde há mais pólos de consumo e mais acesso à informação, cresce a intenção de apoiar, por meio da compra, empresas que se comprometem com produção e reinserção sustentável de materiais. 

Com o Certificado de Reciclagem,  minimizar os impactos ambientais do processo produtivo e incentivar a reciclagem, a empresa também promove o aumento da formalização dos agentes recicladores e gera oportunidade de renda e melhoria social. 

Além dos benefícios da esfera ambiental e social, estão listados abaixo aqueles de natureza pública e privada:

  • Redução na geração de resíduos e melhor reaproveitamento dos insumos por meio do incentivo à reciclagem de embalagens, com consequente benefício ao meio ambiente;
  • A melhoria da condição de conformidade com a legislação ambiental e consequente benefício competitivo: as empresas passam a ter uma vantagem legal ao cumprirem o que determina a lei PNRS, além de criar, com isso, inovações no processo produtivo que alinha os interesses públicos e privados.
  • Facilidade na negociação, venda e compra dos materiais recicláveis entre as cooperativas de reciclagem e empresas que precisam cumprir suas metas de logística reversa; acesso a novos mercados, principalmente a aqueles com alta exigência ambiental; Marketing positivo atraindo o consumidor moderno que é mais consciente em suas escolhas; e aprimoramento da gestão da compensação ambiental pelas empresas.
  • Economias, por parte da empresa, ao reaproveitar os materiais: redução de custo com a obtenção de matéria prima, recursos naturais e consumo de energia.
  • Oportunidade de renda e melhoria social com o aumento da formalização dos agentes recicladores, uma vez que membros da cadeia de reciclagem são formalizados e a conseguem pelos certificados;

A eureciclo investe na divulgação didática de seu selo de certificação de reciclagem, não só se valendo de projetos concluídos e metas alcançadas, mas também pela repetida e positiva associação visual que o selo eureciclo conquistou.

Conheça mais sobre em: eureciclo.com.br

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *