Moda consciente: conheça os projetos socioambientais da Maria Filó

Leia em 5 min

É cada vez mais possível criar uma moda consciente e engajada com causas socioambiais. Conheça os projetos da nossa parceira Maria Filó.

Você sabia que, há 5 anos, a marca de moda Maria Filó se juntou a eureciclo para compensar ambientalmente o volume das sacolas que usa nas lojas? Isso mesmo. Ela começou com 50% e, hoje, 100% da quantidade equivalente ao papel é reciclada pelas centrais de triagem.

O mais bacana é que essa não é a única iniciativa da marca para buscar um futuro mais consciente. Outros projetos também expressam o desejo por mudanças dentro e fora da Maria Filó. Quer saber mais sobre alguns deles e se inspirar para sua marca? Olha só!

Tricôs reciclados

O tricô faz parte do DNA da marca carioca há mais de 20 anos. Não à toa, ele traz lindas histórias por trás de suas tramas. Como por exemplo o casaco de Dia dos Namorados, que trouxe fios reutilizados em sua criação. Ou seja, as sobras de matéria-prima, em vez de irem para o lixo, deram vida a novas peças, repletas de carinho.

Na coleção Inverno 2020, o tricô foi feito com pedrarias bordadas de acervo de desfiles e fios reciclados. Além disso, o algodão da composição dessas tramas segue as exigências estipuladas pela Better Cotton Iniciative. A cada peça vendida do tricô, outra peça de coleções antigas foi doada para a ONG Ação da Cidadania, ajudando ao todo 150 pessoas.

Campanhas de doação

Visando à proteção dos profissionais que estão na linha de frente do combate ao Covid-19, a Maria Filó contribuiu diretamente com itens necessários para eles. Foram doados máscaras e uniformes para as camareiras do projeto Hotéis Solidários. Já para os profissionais de saúde dos hospitais de campanha do Rio de Janeiro, foram doados jalecos.

A marca também doou 370 metros de tecido para a Liesa com o objetivo de confeccionar máscaras. As peças foram produzidas juntamente com as costureiras das escolas de samba.

Para aquecer os dias de quem mais precisa, a Maria Filó doou 546 agasalhos para a Ação da Cidadania, além das peças arrecadadas nas nossas lojas físicas.

Baixo impacto ambiental

Quando falamos moda consciente, é sempre importante pensar em alternativas que busquem diminuir o impacto ambiental. Acreditando nessa mensagem, a Maria Filó criou a linha Hera, que já está indo para sua 4ª edição. As peças são feitas a partir de matérias-primas, processos de produção e tingimento menos agressivos ao meio ambiente.

Com peças lisas, a linha propõe novas formas de fazer e de vestir. Afinal, as roupas vão além das formas de novas tecnologias que ajudem no desenvolvimento. A proposta de moda delas é permanecerem sempre atuais. Por isso, são peças versáteis que atravessam o tempo e acompanham a mulher em diferentes ocasiões.

Jeans eco-friendly

Mais duas peças também foram destaques na coleção Inverno 2020 da Maria Filó. Uma jaqueta e uma calça eco-friendly foram produzidos com jeans reciclado e redução de até 95% no consumo de água e de 90% no consumo de químicos.

Mais reciclagem

Aquelas tampinhas plásticas que iriam para o lixo agora podem ganhar um grande destino. A marca entendeu isso e espalhou caixas em seu escritório para arrecadá-las e, em parceria com cooperativas de reciclagem e com a ABBR, ajudam pacientes da instituição a terem suas próprias cadeiras de rodas. 

A iniciativa já arrecadou mais de 450 kg de plásticos e junto com outras marcas apoiadoras do projeto, já conseguiram distribuir 195 cadeiras de rodas. 

Oficina Muda

Mudar de roupa e ainda mudar o modo de vestir. Mais de 2000 peças da Maria Filó já ganharam nova vida nas araras da Oficina Muda, casa de sustentabilidade e upcyling que transforma e ressignifica roupas.

Vitrine sustentável e sofá de garrafa PET

Nas lojas da marca, o reaproveimento também marca presença. Na coleção In Natura, uma vitrine transformou 21400 latinhas de alumínio em arte. Ao fim da temporada, todo o material foi devolvido aos catadores para a reciclagem.

A loja do Morumbi Shopping ganhou em fevereiro de 2019 um sofá que deu nova vida a 3 quilos de sobras de tecido e 48 garrafas PET. Sem dúvidas, um final feliz para um material que poderia levar até 300 anos para se decompor é possível. Outras lojas da Maria Filó que também contam com o sofá são as do Plaza Shopping e Shopping Tijuca, no Rio, e Villa Lobos em São Paulo.

Brinquedos sustentáveis

Reaproveitar materiais para criar objetos sustentáveis é uma das possibilidades mais interessantes quando falamos em ressignificar. Até na hora das brincadeiras é possível usar peças que se transformaram.

Em parceria com a ONG Divas, a marca criou o Dino, um mascote feito a partir de sobras de tecido. O objetivo é que ele seja o mais novo amigo dos filhos recém-nascidos das mamães e papais que trabalham na Maria Filó.

Além disso, criamos, em parceria com as ONGs Meninas Prendadas e Onda Carioca, 2 brinquedos com tecidos e tricôs da coleção Instantes Sonhados. Quando um era vendido, o outro era doado para as crianças do Itaci (Instituto de Tratamento do Câncer Infantil). Depois que a ação acabou, mais de 600 bonecos fizeram a alegria das crianças.

Doação de tecidos

Ainda fazendo a diferença na vida dos pequenos, a Maria Filó doou tecidos para a confecção de vestidos que aquecem meninas em alta vulnerabilidade social em várias partes do mundo. 

A iniciativa foi feita em parceria com a ONG Dress a Girl Around The World, que capta ateliês dispostos a costurar para quem necessita. Além de ajudar as crianças, acabou devolvendo a alegria de muitas idosas que se engajaram com o projeto.

Dentro da marca

Em seus espaços físicos, escritório e lojas, os copos de plástico não fazem mais parte do dia a dia da marca. Além disso, as lâmpadas usadas foram substituídas pelas de led. Desde que a ação começou, no início de 2019, mais de 450.00 copos deixaram de ser consumidos. A natureza agradece!

É possível criar uma trajetória mais consciente de seu impacto ambiental não só em uma marca de moda, mas em qualquer outra empresa. O importante é, acima de tudo, ficar de olho nas oportunidades de mudar aos poucos, trazendo cada vez mais um olhar mais cuidadoso acerca do legado que estamos deixando no mundo.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *