Análise do ciclo de vida do produto: o que é e como implementá-la

Descubra como a análise do ciclo de vida do produto é feita e pode trazer benefícios para o seu negócio.


No artigo anterior definimos as 8 fases do ciclo de vida do produto, englobando em sua totalidade todo o percurso de um produto, da sua concepção ao descarte e oferecendo algumas dicas de como pensar ou repensar cada uma das fases.

Nesse artigo nos propomos a destrinchar como é realizada a análise do ciclo de vida do produto e qual a seu principal objetivo dentro de um empreendimento. Do impacto de um produto no meio ambiente à minimização de danos e riscos para a sua empresa, tudo é considerado nesse modelo.

De forma geral, grandes empreendimentos, que já contam com a certificação ISO 14.040, possuem como base a ACV para obter a certificação.

A seguir você verá como a análise é realizada e os benefícios que ela pode trazer ao negócio. Confira!

Como é feita a Análise do Ciclo de Vida do produto

A análise do Ciclo de vida do produto procura identificar os principais impactos ambientais dos processos e produtos de uma empresa.

Para que a Análise do Ciclo de Vida (ACV) fosse realizada de forma padronizada entre empresas, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) criou a norma NBR ISO 14.040 que define 4 etapas para a ACV, são elas:

Definição do objetivo e escopo do estudo

O objetivo de um estudo da ACV deve conter sua principal pretensão, seja ela a compreensão dos impactos ambientais da embalagem de um novo produto ou de um processo.

Definida a pretensão com o estudo, é fundamental identificar qual o público-alvo para divulgação dos resultados. Sócios? Consumidores atuais? Um novo nicho que a sua empresa gostaria de atingir?
Esses pontos irão dar base para as o desenvolvimento das próximas etapas.

Análise do inventário

Na análise do inventário é coletado os dados referentes a todas entradas e saídas que envolvem o sistema de um produto. Ou seja, as entradas significam todos os recursos utilizados para criação do produto (considerando também a energia despendida) e a saída é todo o resultado desse produto, do vapor de água de algum processo aos efluentes.

Avaliação do impacto

Já a avaliação do impacto, procura fazer relações dos dados contidos no inventário acima com os impactos ambientais diretos ou indiretos.

A metodologia para esse tipo de avaliação depende totalmente do objetivo proposto na primeira etapa do ACV. Basta dizer que esse estudo profundo deve ser realizado com princípios científicos que possibilitem que qualquer outra pessoa, utilizando as mesmas condições, possa obter os mesmos resultados.

Interpretação

Nessa etapa, os dados coletados e a análise do impacto são unificados para corroborar com o desenvolvimento do objetivo estabelecido inicialmente, seja ele comprovar uma melhoria de eficiência energética para um produto ou verificar o nível de poluição gerada por uma nova embalagem adotada.

Benefícios do ACV

A interpretação resultante da ACV poderá servir aos propósitos não apenas da área de qualidade do produto, como também da área comercial e de marketing.

O principal benefício da ACV, nesse sentido, é a total transparência do impacto causado. Esta pode ser utilizada para implementação de melhorias ou comunicação das ações que já dão certo e trazem ainda mais valor e diferencial ao seu produto.

Um ótimo exemplo de benefício da ACV é citada nesse artigo científico que afirma que a utilização de embalagens retornáveis para exportação de peças para motores proporciona vantagens ecológicas, econômicas e logísticas com a eliminação da geração de resíduos de papelão, genrado uma economia de R$ 950 mil/ano com o reuso das embalagens e redução da complexidade nas operações de exportação.

Para finalizar, recomendamos que a Análise do Ciclo de Vida de um Produto seja realizada considerando as 8 fases descritas em nosso blog post “Entenda o ciclo de vida do produto: a versão completa e definitiva”.

Essas fases garantem que todo o ciclo de vida do produto seja contemplado, gerando muito mais oportunidades de melhorias do que se olharmos apenas a introdução de um novo produto no mercado até o seu declínio.

Agora que você já sabe tudo sobre Análise do Ciclo de Vida e sobre o Ciclo de Vida do Produto, que tal conhecer a Economia Circular e como ela pode ajudar na gestão de resíduos sólidos empresarial?

Download | E-book Economia Circular: Como empresas podem criar um mundo sem lixo?