4 exemplos de sustentabilidade para a sua empresa se inspirar

Inspire-se através de 4 soluções simples e práticas de sustentabilidade para tornar o impacto da sua marca mais positivo.

A sustentabilidade tem ganhado os holofotes dos consumidores e das empresas. Com o impacto das atividades humanas cada vez mais intensas sobre o meio em que vivemos, se importar com o Planeta passou de algo exclusivo dos ativistas para algo que abrange grande parte da sociedade.

Segundo pesquisa da Akatu de 2017, 59% dos consumidores na hora de comprar levam em consideração se a marca em questão têm impactos negativos sobre o meio ambiente. 8% a mais que em 2016.

A dúvida que resta é: quais ações de sustentabilidade as empresas andam fazendo para lidar com esse cenário?

Para sanar essa dúvida, trouxemos o exemplo de 5 marcas engajadas na sustentabilidade que quebraram paradigmas e mostraram que é possível um posicionamento de destaque no mercado com consciência ambiental. Confira!

Natural One: Bebidas saudáveis em envases com menor impacto ambiental

A Natural One é uma empresa de bebidas que aposta em sucos naturais em larga escala. Mas como a produção industrial poderia garantir um suco de laranja natural em ótimas condições com menor impacto ambiental?

O segredo? O envase asséptico a frio (atmosfera controlada no envase, com baixo nível de oxigênio) garante a total higiene do conteúdo, preservando todos os nutrientes sem que para isso seja necessário a utilização de qualquer tipo de conservante.

Além disso, a marca garante, através do selo eureciclo, a compensação de 22% de todas as embalagens comercializadas. O que significa que o equivalente dessas garrafinhas plásticas são destinadas corretamente através de cooperativas de reciclagem e operadores privados.

Por fim, a marca garante a capacitação dos produtores envolvidos na produção de verduras utilizadas em seus produtos e uma estrutura tecnológica para rastreamento da produção.

Dessa forma, o consumidor pode, por meio do QR Code disponibilizados nas embalagens dos sucos, descobrir exatamente o que tem dentro daquela garrafinha em específico.

Arezzo: Logística Reversa de Sapatos

Sabe quando o seu calçado fica velho e você decide não mais usá-lo? Ao jogar no lixo comum ou na coleta seletiva, invariavelmente ele acabaria sendo destinado para os aterros.

Quem mora em São Paulo ficará feliz em saber que a Loja da Arezzo, na Oscar Freire, iniciou a Logística Reversa dos Calçados.

O que isso significa? Significa que destinando os sapatos que não mais seriam utilizados nessa loja, os consumidores estarão contribuindo com a reciclagem daqueles materiais.

Essa iniciativa pode ser adotada em empresas do mesmo Setor, como forma de contornar a problemática ambiental dos calçados não reciclados com uma solução inteligente que trará insumos para a sua própria empresa.

Para os próximos anos a Arezzo pretende expandir essa ação.

Pão de Queijo da Cidade: embalagem sustentável

A Pão de Queijo da Cidade, mostrou que sim, é possível inovar nas embalagens e torná-las sustentáveis apostando no que, até então, ninguém havia considerado possível.

As embalagens da marca são de papel e a equipe conta que foi uma forma de garantir que a embalagem fosse realmente reciclável. Afinal, o papel é um material de fácil reciclagem, diferente de alguns tipos de plástico ou até mesmo do vidro.

Uma vez aberta a embalagem do Pão de Queijo da Cidade é possível utilizar a caixinha de papel como uma cestinha para servir os pães já assados.

Para quem aposta em plástico para conservar os alimentos congelados pode ficar feliz em saber que, a depender do tipo de alimento, embalagens de papel podem servir bem a esse propósito.

A Boa Terra: cooperação com o meio ambiente e sociedade

Se livrar dos agrotóxicos na plantação é por si só uma ação sustentável muito relevante. A história do A Boa Terra, sítio para produção e venda de orgânicos, nos mostra que é possível apostar em produtos saudáveis e sustentáveis de forma estrutural.

Pioneiros no Brasil, iniciaram suas atividades em 1981 e até hoje apostam em inovação e sustentabilidade para manter o negócio que até hoje é baseado na sinergia com o meio ambiente.

A marca produz em um espaço de 10 hectares e mantêm 70 hectares de área de preservação.

Além disso, A Boa Terra formou, em 1985 a Associação dos Trabalhadores Rurais de Itobi (ATRAI), e distribuiu para cada uma das 70 famílias da associação um hectare de terra para a produção de orgânicos.

Na busca de impactar ainda mais positivamente através da empresa, surgiu a Associação dos Sem Casa de Itobi. A partir dessa associação, 107 famílias construíram suas casas em mutirão, inaugurando, em 1993, o Bairro da União em Itobi.

Todas essas ações em uma única empresa, revela, que sim, é possível marcar positivamente os três pilares da sustentabilidade (meio ambiente, sociedade e economia).

***

Inspire-se!

Sabe o que todas essas marcas têm em comum? A preocupação com o meio ambiente, a percepção da sustentabilidade como vantagem competitiva e o selo eureciclo como uma das suas ações sustentáveis.

Quer fazer mais pelo Planeta ao mesmo tempo que cria valor para o seu produto? Conheça o selo eureciclo!

Quero conhecer a solução eureciclo para tornar o impacto da minha marca mais positivo!