Enova Foods: a busca pela sustentabilidade em larga escala

Encontrar uma forma de entregar um produto com qualidade e inovação em embalagens com o menor impacto ambiental possível, em larga escala, ao mesmo tempo que preserva o produto, é um dos principais desafios da sua marca?

Se sim, saiba que não está sozinho. A Enova Foods entende bem desse desafio por ser uma empresa de alimentos que atua nos segmentos de snacks nuts e refrescos em pó, em todo Brasil e em alguns países da américa latina. Mas mais do que isso, seu principal objetivo no mercado é ser referência de empresa inovadora e sustentável em nutrição e bem-estar.

Em pouco mais de um ano com o selo eureciclo, 22% de toda a massa de embalagens pós-consumo comercializadas pela Enova foram compensadas ambientalmente.

Isso quer dizer que houve a reciclagem de 234,947 toneladas de papel de embalagens pós-consumo e a reciclagem de 148,436 toneladas de plástico de embalagens pós-consumo. Esse processo beneficiou financeiramente 10 cooperativas de reciclagem e 2 operadores privados.

Sabendo que a sustentabilidade em larga escala é um desafio não restrito à Enova Foods, trouxemos aqui a Laura Noce, Diretora de Marketing da Enova Foods. Ela nos contou um pouquinho como conseguiram implementar soluções para uma atuação sustentável e como o selo eureciclo ajudou nesse processo.

Qual o maior desafio ligado à sustentabilidade nos processos da Enova Foods?

Nosso maior desafio hoje é desenvolver embalagens com barreiras de segurança alimentar que entreguem qualidade e praticidade ao consumidor, usando o mínimo de matéria prima possível.

O que a adoção do selo eureciclo possibilitou?

Possibilitou a abertura de uma agenda mais concreta quanto à lei de resíduos.

Hoje, embora estejamos dentro da legislação, estamos discutindo quais os próximos passos para fazermos ainda mais e com mais impacto positivo para a cadeia de reciclagem.

O que acaba por estender o programa ao termos mais iniciativas em relação a reciclagem e apoio a iniciativas de uso de matéria prima já utilizadas na indústria, como também no pensamento estratégico e sistematizado em todo o time para o desenvolvimento de embalagens com o menor impacto possível.

Por isso, sempre prezamos práticas sustentáveis, com um olhar na produtividade e outro no controle do desperdício – que acreditamos ser um dos maiores impactos ambientais atualmente.

Nesse sentido, qual a importância e retorno das ações sustentáveis promovidas em relação aos consumidores?

Somos contra aquelas iniciativas sustentáveis que visam exclusivamente propagandear uma suposta postura consciente da empresa. Para nós, o importante é fazer nossa parte, e convidar o consumidor a fazer a sua no que tange o comportamento consciente quanto ao consumo.

Os funcionários/colaboradores são incentivados a adotar posturas mais sustentáveis?

Temos a sustentabilidade na nossa missão e visão, e até mesmo por sermos uma empresa com alta proximidade entre os funcionários, estimulamos práticas sustentáveis em nossas unidades, e conseguimos fazer escolhas e debater o tema com frequência. Mas ainda podemos (e vamos) fazer muito mais.

Como vocês enxergam o consumo consciente atualmente?

Entendemos que é uma obrigação da indústria fazer algumas escolhas em nome do consumidor, como selecionar os melhores ingredientes com os fornecedores mais coerentes possíveis (considerando a distância, transporte, qualidade, mão de obra por exemplo), entregar porções em tamanho adequado, usar embalagens corretas e com design a favor das necessidades de consumo e de armazenagem, explicar claramente do que se trata seu produto – e o que tem dentro de cada embalagem.

Na Enova, estamos numa evolução bastante importante nos últimos 12 meses em ajustar e inovar nesses quesitos. Por isso, investimos em maquinários voltados a embalagem, desenvolvemos mini barras de nuts no tamanho adequado para quem busca um snack mais controlado, tiramos o açúcar de barras como alternativas a dietas com restrições, lançamos linhas de produtos totalmente clean label, com apenas 1 ou 2 ingredientes, enfim, estamos rumo a um portfólio consciente e transparente.

Para suportar, temos uma parceria com a RG Nutri, onde visitamos milhares de nutricionistas todos os anos para explicar de forma verdadeira e acadêmica sobre o mundo da nutrição que cerca nosso portfolio, de forma que os consumidores tenham acesso à verdade por trás de cada snack que ele consome.

Com todas essas implementações, como o selo eureciclo ajudou a gerar valor para a Enova?

A eureciclo é, acima de tudo, ética e com total transparência do seu processo. Para nós, por mais obvia que deveriam ser estas características desejadas em qualquer relação comercial, elas são diferenciadas. Quando se trata de uma cadeia complexa – como a da reciclagem e uso de resíduos, é vital termos parceiros estruturados e com controle de cada etapa.

Tendo parceiros que estão em contato com outras empresas, e que tenham expertise em etapas e processos específicos – como é o caso do eureciclo, faz com que as chances de sucesso sejam maiores, bem como a constante evolução da qualidade do processo. Portanto, sim, ficamos mais seguros do que cuidando internamente da gestão total de resíduos. Contudo, também sabemos que quando se trata de consciência de impacto sócio ambiental causado pela indústria, todo esforço e iniciativa contam, e sempre devemos buscar fazer mais – e melhor.

Qual o futuro da Enova?

Nosso futuro é ser uma empresa relevante no mundo do bem-estar, desmistificando que a alimentação saudável é complicada e sem sabor. Trabalharemos arduamente com inovação e velocidade, quebrando barreiras e sendo disruptivos, mas também entendendo que as pessoas são diferentes, e precisam de entregas adequadas às suas necessidades.

***

E você? Qual o futuro da sua marca?

Queremos fazer a diferença no seu futuro através do selo eureciclo.

Fale com dos nossos consultores através do formulário abaixo e conheça mais da nossa solução de logística reversa: