Por que comunicar as ações de sustentabilidade da minha empresa e como começar?

O impacto gerado pelas empresas está sendo cada vez mais discutido. A poluição pelas embalagens, a contaminação por resíduos pós industriais, o uso irresponsável de recursos naturais, o desmatamento e tantas outras consequências da produção desenfreada tornam a sustentabilidade do planeta uma pauta constante.

Diante desse cenário, comunicar o que sua empresa já faz para minimizar seu impacto ambiental é uma forma de valorizar seus esforços e se posicionar para consumidores cada vez mais exigentes.

1) Porque comunicar a sustentabilidade

Muitos consumidores já assumiram uma postura questionadora em relação às marcas dos produtos que utilizam e passaram a averiguar diversos fatores antes de realizar suas compras.

Alguns dos fatores são: procedência de ingredientes, valorização de toda a cadeia de produção, responsabilidade socioambiental, reciclabilidade de embalagens, etc.

Essa postura corrobora com uma pesquisa do Instituto Akatu que mostrou o crescimento do consumo consciente no Brasil, uma vez que 40% dos entrevistados mudariam sua intenção de compra caso a empresa tivesse como atributo proteger o meio ambiente.

A pesquisa também apresentou que 59% dos entrevistados acham que as empresas deveriam fazer mais do que está na lei para trazer mais benefícios à sociedade.

2) Porque em tempos de fake news, quem tem consistência é rei

Uma das discussões levantadas no lançamento desta pesquisa foi que, apesar dos consumidores valorizarem empresas que atuam de forma sustentável, eles têm dificuldades em confiar que esse posicionamento seja real e não apenas uma jogada de marketing. Essas estratégias que comunicam a preocupação ambiental sem que ela realmente exista são chamadas também de greenwashing (em tradução livre: banho verde).

Em tempos de fake news, empresas que atuam de forma verdadeiramente sustentável precisam construir uma postura que não gere dúvidas. Para isso, é preciso ter uma comunicação consistente sobre sustentabilidade, criando uma narrativa para que seu consumidor entenda e confie no engajamento da empresa.

3) Porque a comunicação cria vantagem competitiva no mercado

Se a sua empresa valoriza o viés sustentável e direciona esforços para reduzir seu impacto ambiental, por que não comunicar a sustentabilidade aos seus clientes e ao mercado? Esse posicionamento gera engajamento, proximidade e inspiração!

Outras marcas e até mesmo consumidores podem começar a se espelhar em sua empresa e tê-la como referência de boas práticas no assunto, além de criar uma vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes.

Segundo um estudo da Harvard Business School, empresas que adotam atitudes sustentáveis podem realmente performar melhor do que a média. O estudo mostrou que se, há 20 anos, você tivesse investido um dólar em diversas empresas focadas em somente fazer seus negócios crescerem, esse um dólar teria rendido $14,46. Mas se, em vez disso, você tivesse investido o mesmo valor em empresas que focaram seus esforços em problemas sociais e ambientais relevantes enquanto também faziam seus negócios crescerem, esse dinheiro teria rendido $28,36.

Ao olhar para o longo prazo e buscar uma atuação sustentável e integrada com as esferas social, ambiental e econômica, as empresas alcançaram ganhos de escala e saíram na frente.

Como começar

Criando uma narrativa

As pessoas já não querem saber de propaganda. Elas querem histórias, experiências, rostos e nomes. Esses elementos geram identificação e familiaridade, trazendo os consumidores para mais perto da marca.

Mostrar quais problemas sua empresa ameniza com as suas ações socioambientais, quais impactos positivos elas trazem e como elas são feitas cria uma linha de raciocínio que vai além da simples publicidade.

Uma ideia, nesse sentido, é construir uma campanha com uma série de posts ou vídeos sobre o assunto que, não só informe a atuação sustentável da empresa, mas também eduque seu consumidor a ser mais consciente. Faça seus clientes se sentirem parte dessas boas práticas, criando oportunidades para que eles se engajem, como concursos e enquetes, e gerando conteúdos mais aprofundados, como mini-documentários e ebooks.

Comunicando com consistência

Não dá pra falar sobre sustentabilidade só no Dia Mundial do Meio Ambiente, por exemplo. Busque inserir essa temática com certa frequência no calendário editorial do seu blog, no seu planejamento de mídias e campanhas e onde mais for possível. Conte para seu público o que sua empresa faz todos os dias para reduzir seu impacto ambiental, e não só em datas comemorativas.

A consistência faz com que as pessoas absorvam as informações de forma mais profunda, criando uma identificação natural da sua marca com esses valores.

Comunicando com transparência

Seja transparente sobre os processos da sua empresa e todos os esforços que ela realiza para reduzir seu impacto, principalmente se envolver custos maiores.

Por exemplo, se você escolhe pagar 3x mais por uma embalagem para que ela tenha um maior potencial de reciclagem, por que não comunicar isso? Os consumidores verão muito mais valor na sua marca e passarão a admirá-la ainda mais.

A transparência também vale para comunicar sobre aquilo que a empresa ainda não faz, mas tem consciência que existe e que espera conseguir fazer algum dia! Se posicionar de forma positiva sobre um assunto é sempre melhor do que ignorá-lo.

Usando canais efetivos

Para comunicar essa narrativa de forma consistente e transparente, utilize os canais onde sua empresa já atua. Neles já existe um público que te conhece e que te valorizará ainda mais por isso.

Abuse dos diferentes formatos de acordo com o perfil do seu público. Se é um público que vive postando stories, por que não montar uma série de vídeos para esse canal explicando mais sobre a sustentabilidade da sua empresa, por exemplo?

Envolvendo todo mundo

A sustentabilidade pode e deve ser adotada como parte da cultura da empresa. Os colaboradores precisam conhecer as ações socioambientais da empresa e até serem envolvidos nelas.

Que tal criar campanhas internas que envolvam essas temáticas? Algumas ideias são campanhas contra o desperdício de recursos (como água, alimentos e energia) ou pela redução do uso de descartáveis. Esse tipo de ação traz a pauta para dentro da empresa e torna o discurso de sustentabilidade ainda mais genuíno, uma vez que não parte somente da comunicação externa da empresa, mas também de cada colaborador.

Que tal agora?

O mercado está constantemente se reinventando e as temáticas do consumo consciente e do impacto ambiental não devem sair tão cedo da pauta. Pelo menos não até que os processos de produção e os hábitos de consumo comecem a mudar, buscando preservar os recursos finitos do nosso planeta.

Agora que você já entendeu a importância de adotar e comunicar atitudes sustentáveis e já tem dicas práticas de como começar, por que não fazer isso agora? Vamos juntos?

Quero saber como compensar ambientalmente minhas embalagens!