Sustentabilidade empresarial no Brasil, veja o que está sendo feito

Sustentabilidade empresarial é um tema muito amplo e complexo e muitas vezes, isso dificulta dar o primeiro passo e/ou definir um objetivo claro. Quem é do meio, sempre vê um monte de caso legal no exterior, mas eles parecem acontecer em uma realidade distante e muito diferente da nossa. Veja aqui o que a sua empresa pode fazer.

Uso de recursos naturais

Não importa o setor da sua empresa: se você produz alguma coisa, usa recursos naturais. Não só como matéria-prima mas também no processo produtivo, como é o caso da água e das fontes de energia. O uso responsável dos recursos naturais é uma das formas mais comuns de sustentabilidade. Principalmente quando se fala em redução. É uma maneira ótima de tornar sua empresa mais sustentável. Você consome menos recursos, economiza dinheiro e ainda adquire um posicionamento de empresa amiga do meio ambiente – o famoso ganha-ganha. Além da redução, existem outras maneiras de praticar a sustentabilidade empresarial no uso de recursos naturais, veja a seguir.

Uso de material alternativo

Empresas pesquisam e escolhem materiais mais sustentáveis para serem usados em seus produtos. Existe uma certa inércia para continuarmos do jeito que está e é necessário um esforço por parte da empresa. Seja para pesquisar e achar um material alternativo, ou para mudanças no processo produtivo para adequar o novo material e até mesmo na disposição a pagar mais por um material mais sustentável.

O melhor material alternativo é o material reciclado. Neste caso, a sua empresa está usando algo que já foi descartado e transfomado em algo útil novamente. Desta forma, você está deixando de usar um recurso natural virgem e incentivando a reciclagem através da demanda por materiais reciclados.

Existem várias empresas que utilizam materiais reciclados em suas embalagens e que produzem produtos a partir de resíduos. Na indústria da moda, por exemplo, existem cada vez mais marcas que buscam usar o resíduo de outras empresas para confeccionar seus prórpios produtos.

Uma outra prática que tem sido muito adotada nas indústrias de bens de consumo é o uso de ingredientes orgânicos e veganos. Esses materiais geralmente têm algum tipo de certificação e são escolhidos por terem um impacto menor sobre o meio ambiente.

Garantia da destinação correta

É claro que não poderíamos deixar de falar da destinação correta dos resíduos gerados pelo seu produto. É muito importante se responsabilizar pelo o que acontece após o consumidor usar o seu produto. Na maioria das vezes, após o consumo é gerado um resíduo. Seja ele o próprio produto – como é o caso de eletrônicos, vestuário e calçados – ou uma embalagem, no caso de alimentos, bebidas, cosméticos e produtos de limpeza.

Sustentabilidade empresarial: o que as empresas brasileiras estão fazerndo? - Garantia da destinação correta do resíduo pós-consumo

Se a sua empresa não tiver nenhuma ação de logística reversa, você está deixando nas mãos de outra pessoa o problema que você também ajudou a gerar. Além disso, também joga para seu consumidor a responsabilidade sobre o impacto ambiental daquele resíduo.

Empresas em todo o Brasil estão se engajando com a logística reversa de diversas formas. Algumas fazem projetos próprios, como recolhimento de embalagens vazias em suas lojas. Este modelo pode ser lucrativo quando bem executado, já que ele tende a atrair consumidores para a sua loja. Como incentivo aos consumidores, algumas marcas de cosméticos trocam um certo número de embalagens por um brinde.

Uma outra maneira de garantir a destinação correta é investir na cadeia de reciclagem. Assim, você aumenta muito as chances de que o resíduo gerado pelo seu produto seja realmente reciclado. Para aumentar ainda mais estas chances, você pode – e deve – comunicar e engajar seus consumidores a terem atitudes mais sutentáveis.

Novos modelos de negócio

Outra alternativa muito interessante e inovadora de praticar a sustentabilidade empresarial é com novos modelos de negócios. Por exemplo, em vez de vender um produto, muitas empresas estão buscando vender um serviço. O caso mais conhecido é do compartilhamento de carros e caronas. Não é preciso produzir e vender um carro que vai gerar um monte de resíduo e ter muito impacto ambiental. O que muitas pessoas querem, não é ter um carro, mas sim ter a conveniência de ir e vir de forma confortável em uma cidade grande.

A economia compartilhada tende a ser mais sustentável que a economia tradicional baseada no consumo. Quando um produto é usado de forma mais eficiente por ser compartilhado, a necessidade de usar recursos naturais é menor. Existem diversos aplicativos para trocar e vender o que você não precisa mais e até alugar ou pegar emprestado algo que você só precisa usar pontualmente.

Existem muita maneiras interessantes e inovadoras para por em prática a sustentabilidade empresarial. Na nossa lista de marcas certificadas você pode ver muita coisa legal. Dê uma olhada no que elas estão fazendo e se inspire!

Veja: Caso de sucesso da Simple Organic