Por que ter alimentação saudável?

A alimentação saudável vai além dos benefícios fisiológicos. Ela também contribui para um planeta mais sustentável. Saiba como…

Por que alimentação saudável?

Você já deve estar cansado de ouvir falar sobre alimentação saudável. Mas o que você ainda não sabe é que os benefícios vão além do que você imagina. Optar por uma vida saudável significa consumir alimentos ricos em nutrientes e vitaminas. Significa deixar de lado aquelas comidas gordurosas, industrializadas e cheias de produtos químicos. Sim, elas geralmente são gostosas, mas já parou para pensar no impacto que isso tem na sua saúde?

O maior problema destes tipos de alimentos é a quantidade de aditivos em sua composição. Muitos deles possuem antioxidantes, acidulantes, adoçantes, aromatizantes e espessantes. Você provavelmente já leu estes nomes em diversas embalagens no supermercado. O problema é que eles provocam efeitos colaterais graves no seu corpo. Os acidulantes, por exemplo, levam à descalcificação de ossos e dentes. Já os conservantes e antioxidantes afetam as funções gastrointestinais, podendo causar alergias e aumentar o nível de colesterol no sangue. A lista de malefícios é super extensa, mas vamos direto ao ponto.

O que essa onda natureba tem de tão bom?

Bem, para começar, se você consumir alimentos naturais e/ou orgânicos você evitará todos os efeitos colaterais de uma alimentação a base de produtos industrializados. Mas além de se tornar mais saudável, você evita que diversos produtos químicos contaminem o solo e a água.

– Mas como assim? Qual a conexão disso?

É simples. Pense no caso dos alimentos orgânicos. Se você optar por eles, você diminui a demanda por frutas, verduras e legumes produzidos com agrotóxicos e fertilizantes. Com isso, a quantidade destes alimentos a ser produzida também vai diminuir. Quando diminuída, menos produtos químicos serão utilizados e menos substâncias tóxicas chegarão ao solo e à água. Desta forma, o meio ambiente será menos contaminado!

Mas eu sou preguiçoso(a), não tem um jeito fácil de mudar?

Ei, ei, para com isso! Dá pra fazer isso de forma fácil! Você pode seguir as seguintes dicas para melhorar sua alimentação e contribuir com o meio ambiente:

1. Consumir alimentos da safra

No período da safra, os alimentos necessitam de menos agrotóxicos e geralmente são mais nutritivos. Além disso, os alimentos fora da safra custam mais caro, pois precisam de um local com clima próprio, que implica na utilização de mais recursos naturais (consulte os alimentos da safra aqui)

2. Consumir alimentos orgânicos

Como não são utilizados fertilizantes e pesticidas, o solo permanece conservado e a água não é contaminada.  Além disso, a vida dos animais, insetos e plantas que vivem na região é preservada (conheça algumas opções de orgânicos aqui e aqui).

3. Comer menos carne (principalmente vermelha)

A produção de carnes e derivados de animais é responsável por ¼ da emissão de gases que agravam o efeito estufa. Uma pessoa que tem alimentação vegetariana estrita consome 60% menos água que uma pessoa com uma dieta a base de carne (conheça algumas opções vegetarianas e veganas aqui).

4. Utilizar integralmente os alimentos.

O desperdício de alimentos impacta diretamente o uso intensivo de recursos naturais. Se o desperdício fosse reduzido, a produção de alimentos reduziria também, consequentemente, o solo e água das regiões agrícolas seriam menos desgastados. Em vez de jogar folhas, cascas, talos e sementes fora, você pode aproveitá-los em uma nova receita (veja receitas aqui).

5. Procurar por selos certificadores nas embalagens.

Você pode nunca ter percebido, mas diversas embalagens carregam selos certificadores de iniciativas sustentáveis, como o FSCIBD, USDA e o eureciclo.

Muitas marcas já se preocupam com uma alimentação saudável e com o meio ambiente. É o caso das empresas que já possuem o selo eureciclo. Este selo garante a compensação ambiental das embalagens utilizadas em seus produtos.

Sua marca já carrega o sorrisinho em suas embalagens? Ainda não? Não vai ficar pra trás, né?

Sou empresa e quero saber mais     Sou consumidor e quero saber mais